Buscar

É TETRA! | Itália conquista o Mundial de Vôlei Masculino




Trago hoje uma celebração que há tempos se aguardava no esporte italiano! A seleção italiana de vôlei masculino, conquistou neste último domingo, 11/09, em Katowice, o Campeonato Mundial, em grande vitória sobre a também tradicional equipe, tricampeã, e anfitriã de 2022, a Polônia.


A equipe italiana, campeã em 1990 (Brasil), 1994 (Grécia) e 1998 (Japão), composta esse ano por jovens jogadores, venceu de virada, por 3 sets a 1, em parciais de 22/25, 25/21, 25/18, 25/20 e se tornou tetracampeã do mundo, rompendo um jejum de 24 anos!


Absoluta nos anos 90, a Itália passou por um forte declínio, mesmo contando com atletas experientes, de renome, e atualmente, com uma seleção totalmente renovada, com média de 24 anos de idade entre os jogadores, comandada pelo técnico Ferdinando de Giorgi, volta à categoria das grandes seleções de vôlei da atualidade em nível mundial. Tanti auguri a loro!


Melhores momentos da partida.


O caminho até a final foi feito com perfeita participação, vencendo rivais de alto nível, eliminando também a França, atual campeã olímpica. Já o Brasil, que perdeu para a Polônia nas semi-finais, saiu com a medalha de bronze ao derrotar a Eslovênia.


Daqui a duas semanas, também na Polônia, em parceria com a Holanda, será a vez do Mundial de Vôlei Feminino. Curte esporte? Fique ligado!





Oggi vi porto una festa tanto attesa nello sport italiano! La squadra italiana di pallavolo maschile ha vinto, domenica scorsa, 11/09, a Katowice, il Campionato del Mondo, con una grande vittoria sulla squadra ugualmente tradizionale, tre volte campione e ospite del 2022, la Polonia.


La squadra italiana, vincitrice nel 1990 (Brasile), 1994 (Grecia) e 1998 (Giappone), composta quest'anno da giovanissimi, ha vinto per 3 set a 1, nei parziali di 22/25, 25/21, 25/18, 25/20 ed è diventata per la quarta volta campione del mondo, rompendo un digiuno di 24 anni!


Assoluta negli anni '90, l'Italia ha attraversato un forte declino, pur avendo atleti esperti e rinomati, attualmente, con una squadra completamente rinnovata, con una media di età di 24 anni tra i giocatori, comandata dall'allenatore Ferdinando de Giorgi, torna a figurare tra le grandi squadre di pallavolo di oggi a livello mondiale. Tanti auguri a loro!


Il percorso verso la finale è stato perfetto, battendo rivali di alto livello, eliminando anche la Francia, attuale campione olimpica.Il Brasile, che ha perso in semifinale contro la Polonia, ha preso la medaglia di bronzo battendo la Slovenia.


Tra due settimane, anche in Polonia, in collaborazione con l'Olanda, toccherà ai Mondiali di Pallavolo Femminile. Ti piacciono gli sport? Stai attento!


7 visualizações0 comentário